01 maio Declaração do MEI: saiba como fazer a sua

Você abriu um MEI recentemente e está com dúvidas sobre declaração de imposto de renda, prazo de envio e tudo mais? Calma que você não está atrasado. A correria de abril foi para a entrega da declaração IRPF (Pessoa Física). Você, microempreendedor individual, tem até 31 de maio para realizar sua DASN-SIMEI, a Declaração Anual do Simples Nacional.

Todo ano, o Microempreendedor Individual deve declarar o valor do faturamento do ano anterior. A primeira declaração pode ser preenchida por um contador contratado ou você mesmo pode fazer tudo sem problemas. Por isso a gente vai te ajudar nesse processo e mostrar que não é esse bicho de sete cabeças.

Contabilidade

 

Vamos começar esclarecendo uma das dúvidas mais recorrentes: tem que ter contador? Não, isso não é obrigatório. E aquela contabilidade formal com livro diário e livro caixa é dispensada do MEI.

Contudo, você pode (e deve) zelar pela sua atividade e manter um mínimo de controle em relação ao que compra, ao que vende e quanto está ganhando. Essa organização mínima permite que você gerencie melhor seu negócio e sua própria vida, além de ser importante para crescer e se desenvolver.

Agora, se não quer perder tempo se preocupando com essas coisas, você pode contratar um contador para te ajudar com a organização da empresa e com a declaração. Se você nem sabe ainda onde procurar, recomendamos o site brasileiro Contabilizei, que oferece um serviço bem legal e completamente online. Os profissionais do site podem cuidar de todas as obrigações legais e fiscais do seu negócio e fazer tudo o que um contador tradicional faz, só que online.

Passo-a-passo

 

Login
Primeiro você deve entrar no site do Simples Nacional e clicar na opção DASN SIMEI – Declaração Anual para o MEI. Nessa tela você deve digitar seu CNPJ e caracteres especiais para acesso.

artigo-declaracao-mei-00

Anos-calendário
Na próxima tela, ficam disponíveis para seleção os anos-calendário onde você apareça na Receita como optante pelo MEI em pelo menos um dia do ano. Selecione o ano correspondente e clique em continuar.

Atenção: você só deve marcar a caixa de situação especial, caso seu MEI tenha sito fechado no ano-calendário selecionado.

artigo-declaracao-mei-01

Informações
Nesse passo você deve preencher com os dados referentes ao faturamento do seu MEI:

  • Valor da Receita Bruta Total (comércio, indústria e serviço de qualquer natureza): você deve informar o valor total do seu faturamento no ano-calendário escolhido, mesmo que seja R$ 0,00.
  • Valor da Receita Bruta referente às atividades de comércio, indústria e serviço de transporte intermunicipal e interestadual: você deve informar o valor total do seu faturamento no ano-calendário escolhido, referente às atividades de comércio, indústria e serviço de transporte intermunicipal e interestadual, mesmo que seja R$ 0,00.
  • Possuiu empregado durante o período abrangido pela declaração: aqui basta você informar se contratou ou não empregado.

artigo-declaracao-mei-02

O sistema vai importar os dados para a declaração e, caso você não tenha pago o DAS de algum período, será emitido um aviso para que você regularize essa situação utilizando o PGMEI (que é o programa de geração do DAS para o MEI). Aí basta você emitir o boleto e realizar o pagamento.

Resumo

Finalizado o preenchimento, é exibido o resumo da declaração. Este resumo mostra os valores dos tributos devidos em cada período de apuração no ano e os DAS que foram pagos.

artigo-declaracao-mei-03

Após a conferência, você deve clicar em “Transmitir” e pronto! Sua declaração será enviada.

artigo-declaracao-mei-04

Você deve, obrigatoriamente, declarar todos os anos onde conste como optante pelo MEI. Assim, não é aceita a transmissão de uma declaração sem que antes tenha enviado a declaração referente ao ano anterior.

O prazo para entrega da declaração é sempre até o último dia do mês de MAIO do ano subsequente. A transmissão da declaração a partir do dia seguinte é considerada fora do prazo, sendo emitida um DARF (para pagamento da multa) a sere impresso junto com o recibo da Declaração do MEI.

Se restou alguma dúvida, no Portal do Empreendedor você encontra uma série de dicas sobre seu MEI e também o Manual da Declaração. Agora é só se programar pra declarar dentro do prazo e correr pro abraço!

Comentários